Embajada de Portugal en Chile

Ministerio de Relaciones Exteriores

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL

Concurso externo para o preenchimento de um posto de trabalho na categoria de Assistente Técnico, da carreira de Assistente Técnico, para exercer funções na Embaixada de Portugal em Santiago do Chile.

Consulte aqui a Lista de Candidatos Admitidos e Excluídos ao Concurso. 

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL

 

 Prazo para apresentação de candidaturas: 21 de novembro de 2017

 

Concurso externo para o preenchimento de um posto de trabalho na categoria de Assistente Técnico, da carreira de Assistente Técnico, para exercer funções na Embaixada de Portugal em Santiago do Chile

Nos termos da Portaria n.º 187/2013, de 22 de maio, faz-se público que, na sequência de despacho de autorização de S. Exa. o Ministro das Finanças, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da data de publicação do presente aviso, concurso externo para o preenchimento de um posto de trabalho, na categoria de Assistente Técnico, da carreira de Assistente Técnico, com a remuneração mensal ilíquida de 715,52 euros nos termos aprovados pelo Decreto-Regulamentar n.º 3/2013, de 8 de maio, para exercer funções na Embaixada de Portugal em Santiago do Chile, que compreende um período experimental com a duração de 120 dias.

  1. O prazo para apresentação de candidaturas termina em 21 de novembro de 2017.
  1. Regime jurídico aplicável – contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado para exercer funções nos serviços periféricos externos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 47/2013, de 5 de abril.
  1. Reserva de recrutamento interna – Se do presente procedimento concursal resultar, atenta a lista de ordenação final devidamente homologada, um número de candidatos aprovados superior aos postos de trabalho a ocupar, será constituída uma reserva de recrutamento interna, válida pelo prazo máximo de 18 meses, contando da data da homologação da referida lista, nos termos do artigo 10.º da Portaria n.º 187/2013, de 22 de maio.
  1. Número de postos de trabalho e prazo de validade — O procedimento concursal visa o preenchimento de um posto de trabalho, e é válido para o preenchimento do posto de trabalho a concurso e para os efeitos previstos no n.º 2 do artigo 10.º da Portaria n.º 187/2013, de 22 de maio.
  1. Publicitação do aviso — O presente aviso é publicitado em local visível e público da Embaixada de Portugal em Santiago do Chile, na sua página eletrónica santiago.embaixadaportugal.mne.pt, na sua página facebook e, por extrato, em jornal local.
  1. Caracterização e local do posto de trabalho – funções correspondentes à categoria de Assistente Técnico, da carreira Assistente Técnica, de natureza executiva, de aplicação de métodos e processos, com base em diretivas bem definidas e instruções gerais, de grau médio de complexidade, nas áreas de atuação comuns e instrumentais e nos vários domínios de atuação da Embaixada de Portugal em Santiago do Chile, de acordo com a caraterização prevista no n.º 2 do artigo 88.º, do anexo da Lei n.º 35/2014, de junho.
  1. Requisitos de admissão ao procedimento concursal:

           

            São requisitos cumulativos de admissão:

7.1 Reunir os requisitos gerais necessários para o exercício de funções públicas, previstos no artigo 17.º da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas, aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, com exceção da nacionalidade portuguesa, nos termos do artigo 5.º do Decreto-Lei n.º 47/2013, de 5 de abril:

      

       - 18 anos de idade completos

     - Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe desempenhar

       - Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício da função

       - Cumprimento das leis de vacinação obrigatória

       

     7.2 Ser titular do 12.º ano de escolaridade ou de curso que lhe seja equiparado;

7.3 O candidato selecionado deverá possuir autorização/estatuto de residente no país e ter a sua situação regularizada junto das entidades fiscais e de segurança social locais, no momento da respetiva contratação, sem prejuízo da possibilidade de poder ser comprovado “a posteriori”, de acordo com o artigo 5.º do Decreto-Lei 47/2013, de 5 de abril, nas situações em que tal seja admitido pelas normas de direito local.

  1. Formalização das candidaturas:

As candidaturas devem ser formalizadas mediante requerimento dirigido ao presidente do Júri e enviadas por correio registado com aviso de receção para Embaixada de Portugal em Santiago do Chile, sito em Nueva Tajamar 555, Piso 16, Las Condes, Santiago, ou por correio eletrónico para concursoembaixadaportugal@gmail.com, endereço que poderá igualmente ser utilizado em caso de dúvidas ou pedidos de informação.

 

Do requerimento deverão constar, sob pena de exclusão, os seguintes elementos:

8.1 - Identificação completa (nome, estado civil, data de nascimento, naturalidade, nacionalidade, número de cartão de cidadão ou bilhete de identidade (ou equivalente), número fiscal (ou equivalente), residência, código postal, contacto telefónico e email);

8.2 - Habilitações literárias; e,

8.3 - Identificação do concurso a que se candidata, acompanhado dos seguintes documentos:

  1. Curriculum vitae assinado;
  2. Fotocópia simples e legível do documento comprovativo das habilitações literárias;
  3. Fotocópia simples e legível de comprovativos da formação profissional realizada nos últimos três anos relacionada com as atividades que caraterizam o posto de trabalho;
  4. Fotocópia simples e legível do cartão de cidadão ou bilhete de identidade (ou equivalente);
  5. Certificado de Registo Criminal do país onde reside.

Em fase posterior do concurso, poderá ser solicitada a apresentação do original de cada documento.

  1. Métodos de seleção - são adotados os seguintes métodos de seleção obrigatórios:

 

  1. Avaliação curricular. Valoração de 40 %

 

A avaliação curricular visa analisar as aptidões profissionais dos candidatos na área respetiva, com base na análise do respetivo currículo profissional e documentos comprovativos que o acompanham, sendo considerados e ponderados, os seguintes elementos:

  1. a) Experiência profissional anterior, nomeadamente na área funcional do trabalho consular, administrativo e contabilidade
  2. b) Habilitação académica de base;
  3. c) Formação profissional na área funcional do trabalho consular, administrativo e contabilidade;

           

  1. Entrevista profissional. Valoração de 60 %

A entrevista profissional, a ter lugar na Embaixada de Portugal em Santiago do Chile, visa avaliar de forma objetiva as aptidões profissionais e aspetos comportamentais evidenciados pelos candidatos e o domínio de uma ou mais línguas, em particular do português.

9.1 Os resultados obtidos na aplicação dos métodos de seleção são classificados na escala de 0 a 20 valores, com expressão até às centésimas.

  1. 2 Os critérios de apreciação e ponderação dos métodos de seleção tidos em conta, bem como o sistema de classificação final, incluindo as respetivas fórmulas classificativas, constam de ata das reuniões do júri do concurso, sendo a mesma facultada aos candidatos sempre que solicitada.

 

  1. Exclusão – Os candidatos que não compareçam à Entrevista Profissional consideram-se excluídos.
  1. Forma e comunicação das notificações aos interessados — Todas as notificações dos candidatos admitidos e excluídos, incluindo as necessárias para efeitos de audiência dos interessados, e as convocatórias para a realização de qualquer método de seleção que exija a presença do candidato são efetuadas através de aviso publicado em local visível e público da chancelaria e disponibilizado na página eletrónica www.santiago.embaixadaportugal.mne.pt.
  1. Composição e identificação do júri:

            Presidente: Embaixador António Leão Rocha

1.º Vogal efetivo: Dra. Rosa Podgorny, que substituirá o Presidente nas suas faltas e impedimentos

            2.º Vogal efetivo: Dr. Luís Sequeira

            1.º Suplente: Dra. Vera Fonseca

            2.º Suplente: Dra. Sabina Teixeira Rocha

  1. As atas das reuniões do júri são facultadas aos candidatos sempre que solicitadas.
  1. Na sequência do despacho conjunto nº 373/2000 de 1 de Março, faz-se constar, igualmente, a seguinte menção: “Em cumprimento da alínea h) do artigo 9º da Constituição, a Administração Pública, enquanto entidade empregadora, promove ativamente uma política de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no acesso ao emprego e na progressão profissional, providenciando escrupulosamente no sentido de evitar toda e qualquer forma de discriminação”.

Santiago do Chile, 6 de novembro de 2017

O Embaixador

António Leão Rocha

Visa Working Holiday Portugal

working holiday s

 Octobre 2017

Debido al alto número de solicitudes referentes a la visa Working Holiday Portugal, decidimos proporcionar en nuestra página web toda la información disponible en este momento sobre la visa y los requerimientos necesarios.

-Ficha informativa Working Holiday(Haga clic para acceder al documento pdf)

-Formulario Schengen (Haga clic para acceder al documento pdf)

Preguntas frecuentes

P.: ¿Existen cupos para la visa WH?

R.: No. Hasta el momento el número de visas para otorgar es ilimitado. Basta con realizar la solicitud 30 a 45 días antes de su viaje.

P.: ¿Cuánto cuesta la solicitud de la visa?

R.: 56.580 CLP.

P.: ¿Con cuánto tiempo de antecedencia debo agendar mi viaje?

R.: La solicitud de la visa tarda entre 30 a 45 días en ser procesada. De este modo, debe agendar su viaje de acuerdo con dicho periodo de tiempo. Por ejemplo, se usted quiere agendar su viaje para el día 1 de diciembre, debe realizar su pedido antes del día 16 de octubre.

P.: ¿Qué sucede en el caso de haber comprado mi pasaje de avión y no haber obtenido la visa?

R.: La compra del pasaje es de su completa responsabilidad. Para evitar perder dinero por el valor de su viaje, aconsejamos que, en vez de comprar el boleto, nos presente la reserva de ida y vuelta de los vuelos previstos.

P.: ¿Por cuánto tiempo es válida la visa WH?

R.: La visa tiene una validez mínima de 4 meses y puede prolongarse por 2 veces hasta un máximo de 1 año. La solicitud deberá hacerse en el Servicio de Extranjeros y Fronteras (SEF) (haga clic aquí para consultar su sitio web) y no en la Embajada de Portugal en Santiago de Chile.

P.: ¿Por qué el valor de los gastos por día se encuentra en euros? ¿No pueden proporcionar la conversión a pesos chilenos?

R.: El valor en euros es una cantidad fija (60 euros por día). La conversión a pesos chilenos va a depender del cambio del día en que realizará su solicitud.

P.: ¿Existe la posibilidad de pagar menos de 60 euros en gastos diarios?

R.: Si. El valor puede disminuir a los 30 euros diarios si se cumple una de las siguientes condiciones: 1. Prueba de cómo va a arrendar un departamento durante su estadía. 2. Declaración hecha por su amigo/pariente y reconocida ante un notario portugués, de cómo se hospedará en su residencia.  

P.: ¿Cómo puedo presentar la prueba de solvencia económica?

R.: Existen dos opciones: 1- Presentar el extracto de su cuenta bancaria con el valor solicitado (la cuenta debe estar a su nombre). O 2- presentar una tarjeta de crédito junto con el extracto actual de su cuenta bancaria (la cuenta debe estar a su nombre).

P.: Vivo en Chile, pero lejos de Santiago. ¿Puedo enviar mis documentos por correo?

R.: No. Es necesario trasladarse hasta la Sección Consular de la Embajada de Portugal para realizar la solicitud.

P.: Actualmente me encuentro en un país de la Unión Europea al abrigo de otra visa Working Holiday. ¿Puedo realizar una solicitud para la visa Working Holiday Portugal?

R.: No. Si está con una visa Working Holiday en otro país, no tiene residencia en ese país, por lo tanto, no cumple con los requisitos para la solicitud de la visa.

P.: ¿Existe una lista de empleos que se pueden realizar a través del WH?

R.: No. La búsqueda de empleo en Portugal queda a cargo y responsabilidad de cada uno.

P.: ¿Por cuánto tiempo puedo trabajar con el WH?

R.: Por 6 meses. Puede ser por un periodo continuo o discontinuo.

P.: Me gustaría estudiar o hacer un workshop durante mi estadía ¿Existe una lista de universidades o de otras instituciones de educación?

R.: No. La búsqueda de universidades o de otras instituciones de educación queda a cargo y responsabilidad de cada uno.

Si tuviese alguna otra duda que no se encuentre ya respondida aquí, envíe un correo electrónico para la Sección Consular de la Embajada de Portugal en Santiago de Chile: sconsular.santiago@mne.pt. O también puede llamar entre las 15:00 y 17:00 horas al número siguiente: 2 2203 6615.

Contactos

Av. Nueva Tajamar 555,
Torre Costanera, Piso 16,
7550099 Las Condes
Chile

(+ 56 2) 22 03 05 42 / 43
embportugal.chile@mne.pt (Embajada)
sconsular.santiago@mne.pt (Sección Consular)
aicep.santiago@portugalglobal.pt (AICEP)
ic.embportugal@gmail.com (Camões I.P.)

Facebook 

Más información

Enlaces útiles

Logo CC CLPT.001

Portuguese Communities Portal logotype

Logotipo International Careers logotype

Turismo de Portugal logotype

AICEP - Portugal Global logotype

Portugal Economy Probe logotype

Camões - Instituto da Cooperação e da Língua logotype

Instituto Diplomático logotype