O Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres assinala-se no próximo dia 25 de Novembro. Para marcar a efeméride, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, em parceria com várias ONG do sector, preparou uma campanha de sensibilização que este ano tem como mote #PortugalContraAViolência.

A campanha, que desconstrói alguns ditados populares, enfatiza a necessidade de romper com crenças e preceitos culturais que continuam a normalizar e legitimar a violência contra as mulheres, e deixa às vítimas e testemunhas uma mensagem de que existem alternativas que passam pelas respostas de apoio e protecção que constituem a rede nacional de apoio às vítimas de violência doméstica (RNAVVD). A RNAVVD, gerida pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, é composta atualmente por 166 estruturas de atendimento, 26 locais de acolhimento de emergência e 40 casas abrigo, cobre mais de 70% do território nacional, envolve 218 municípios e, desde 2016, regista 32 733 atendimentos.

Diariamente, em Portugal e no mundo, raparigas e mulheres são vítimas de algum tipo de violência. Violência doméstica, tráfico de seres humanos, violação e outras agressões sexuais, casamento forçado, mutilação genital feminina ou assédio sexual são alguns dos crimes praticados contra as mulheres.

A violência contra as mulheres e a violência doméstica são crime público e uma responsabilidade colectiva. Ligue 800 202 148.

O vídeo da campanha pode ser visto em: https://www.youtube.com/watch?v=8HBORu_6NUU

  • Partilhe